fbpx

Meu e-commerce não vende, e agora?

A falta de conhecimento é uma das maiores dificuldades para realizar vendas no e-commerce… Mas você sabe quais são os motivos que fazem com que sua loja virtual não venda?

1. PERSONA

Você conhece a sua persona? Para corrigir qualquer erro no seu e-commerce, você precisa saber quem é o seu cliente, pois as correções não são feitas para você, mas sim para o cliente final.

É necessário pensar e agir como o seu cliente, mas isso nem sempre é fácil. Sendo assim, faça testes para que você possa conhecê-lo e entendê-lo melhor; porém, isso não significa que você poderá deduzir seus comportamentos, afinal, isso parte dos valores e experiências de cada um. 

2. ALINHAMENTO

Se você tem uma loja física e virtual, e a virtual não está dando o resultado esperado, pode ser que você não esteja dando a ela sua real importância. O e-commerce não é uma extensão da sua loja, nem um lugar para você vender os produtos parados da loja física. Ambos precisam de atenção, mas são diferentes! Sim, principalmente o público, pois eles chegam até você de formas diferentes.

Mas, apesar disso, você deve alinhar a loja online com a loja física, apostar em estratégias para ambos os formatos de venda, sem abrir mão da peculiaridade de cada uma.

3. PLATAFORMA

Se você vai começar uma loja online, saiba que a plataforma escolhida é fundamental para influenciar na decisão da compra. Estude, planeje e avalie cada plataforma, para que ela não gere problemas a você e, principalmente, aos seus clientes.

Ao escolher uma plataforma, é preciso prezar por um site que não fique muito tempo fora do ar e nem carregue de forma demorada, pois isso faz com que o cliente acabe desistindo da compra.

4. CADASTRO

Em uma loja física, sempre há a presença de um vendedor para explicar sobre o produto, falar quais são as suas características e seus benefícios para o cliente… Já na loja online, é preciso que essas informações estejam descritas, para que o consumidor se sinta realmente na sua loja.

Para isso, aposte em uma boa imagem e uma excelente descrição do produto, foque na experiência que o produto proporcionará ao cliente. Uma boa dica também é postar fotos de diferentes perspectivas, para que ele possa ver o produto por completo.

5. CATEGORIA

Não entender sobre o produto já é chato, mas agora imagina não encontrar o produto que deseja? Por isso, é interessante categorizar seus produtos de forma fácil para que o consumidor possa se encontrar.

Um mesmo produto pode se encaixar em categorias diferentes, portanto, insira-o em ambas, aumentando, assim, a chance do consumidor encontrar aquilo que procura.

6. VISUAL

Se na loja física você aposta em uma ótima vitrine, por que não investir no visual do seu e-commerce também? Afinal, é sempre a primeira impressão que fica, não é mesmo?

Por isso, capriche no visual da sua loja e atualize-o regularmente com banners dos seus melhores produtos, ou com seus produtos que tenham os melhores preços disponíveis no mercado. 

7. REDES SOCIAIS

Cada vez mais as pessoas utilizam as redes sociais para tudo! Por isso, além de ter um site totalmente funcional para o seu consumidor, você também precisa investir nas redes sociais, já que geralmente o consumidor realiza uma pesquisa nela para conhecer melhor a sua empresa.

Seja profissional e poste conteúdos que sejam interessantes ao potencial cliente, aposte em conteúdos de valores e que, de alguma forma, farão a diferença no dia a dia dele, para que sempre lembre de você.

8. PÓS-VENDA

Uma coisa é fato: é muito mais fácil vender para quem já comprou na sua loja do que para um novo cliente. Sendo assim, você precisa fidelizar seus clientes para que eles propaguem sua empresa posteriormente.

Foque na experiência do cliente, crie um relacionamento com ele e esteja sempre aberto para solucionar os problemas que surgirem. Quando o cliente é bem tratado, quando ele sente que a empresa trata-o de pessoa para pessoa, ele valoriza o atendimento prestado.

9. PAGAMENTO

O valor, sem sombra de dúvidas, está relacionado ao fato da sua loja vender pouco ou muito, mas não significa que esse seja o único fato. Tudo depende do valor que você agrega ao seu produto e da necessidade que o cliente tem de adquiri-lo.

Outro item fundamental é a forma de pagamento, onde os consumidores costumam abandonar os carrinhos por não encontrarem a condição desejada.

10. ENTREGA

As pessoas querem as coisas e querem rápido! E é aí que seu e-commerce pode encontrar um sério problema: a logística de entrega. Se sua loja oferece um prazo de entrega extenso ou um valor de frete alto, na maioria das vezes o consumidor desiste da compra por esse motivo. 

Sendo assim, você pode negociar os melhores valores com a transportadora, para agradar seus consumidores.

Apesar de todos desejarem vender, é preciso analisar alguns fatores e entender quais são os motivos que levam o consumidor a não comprar com você. Faça testes de compra constantemente, entenda o andamento do seu e-commerce, monitore as vendas e os acessos… Esteja sempre atento ao seu e-commerce para, cada vez mais, crescer com sua loja.

Compartilhar esta matéria

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email

PRECISA DE MAIS INFORMAÇÕES?

Estamos aqui para ajudá-lo. Por favor, preencha o formulário abaixo e entraremos em contato com você:

©2020 - E-commerce Rocket