fbpx

Devo ou não vender em marketplaces?

Se você já tem uma loja virtual e deseja expandir seus negócios, ou se ainda está considerando investir em vendas online, saiba que marketplace vale a pena e é uma oportunidade para alcançar clientes de maneira mais rápida e eficaz, com menor investimento inicial em publicidade.

Nesses últimos anos o mercado de vendas online cresceu absurdamente, a própria pandemia acelerou esse processo, são milhares de empresas que conseguiram escalar o seu negócio através dos canais de vendas de marketplace.

O Mercado Livre é o maior marketplace do Brasil, e em 2019 alcançou US$ 3,1 bilhões em vendas. 

Bom, não é mesmo? Melhor seria se você pudesse ter uma pequena parte desse valor em sua conta bancária, correto? 

Para isso você precisa cadastrar sua loja virtual no marketplace e começar a vender. 

Você não paga nada por isso, até realizar uma venda.

Se você pensa em aumentar suas vendas através dos marketplaces você irá precisar de um integrador de marketplace para automatizar sua loja virtual.

E sem sombras de dúvidas eu recomendo a Magis5, eles possuem uma integração completa, permitindo você aumentar suas vendas. 

Mas, não existe só o mercado livre, atualmente temos alguns canais de vendas que estão crescendo muito também no mercado, são eles:

Amazon

Fundada por um dos homens mais ricos do mundo, Jeff Bezos, a Amazon é uma das maiores empresas do mundo e sua popularidade entre os marketplaces é mundialmente conhecida.

Apesar de ser líder de mercado em quase todos os países onde atua, no Brasil, a Amazon ainda não figura entre os primeiros lugares na escala de marketplaces. No entanto, isso não diminui em nada a sua importância no ranking de melhores marketplaces para vender em 2022.

Dona dos prazos mais competitivos do mercado, a Amazon também é famosa pelos preços pequenos. Para quem vende na internet, estar associado a uma empresa que tem uma imagem como essa é uma grande vantagem, pois os seus produtos levam, por consequência, a credibilidade e segurança do marketplace onde estão sendo vendidos.

Para quem deseja vender na Amazon, existem dois tipos de cadastro:

  • Individual: para quem deseja vender até 10 itens por mês;
  • Profissional: para quem deseja vender mais de 10 itens por mês.

Magazine Luiza

Do varejo físico ao online, a Magazine Luíza tornou-se um dos marketplaces mais conhecidos do Brasil. O sucesso do e-commerce é tanto que hoje o faturamento da empresa com comércio eletrônico já representa mais de 50% da sua receita.

Há algum tempo, a companhia incorporou ao seu e-commerce também o marketplace da Netshoes e Zattini, ampliando sua presença no mercado de varejo online.

A Magalu é hoje um dos melhores marketplaces para se vender em 2022, pois além da sua popularidade, também oferece recursos para os lojistas. Com o Magalu entregas, que é o sistema próprio de envios e logística do marketplace, e o Magalu ads, focado em publicidade para os seus produtos, você tem muito mais chances de conquistar clientes e realizar vendas.

Via

Com um crescimento de mais de 130% no ano de 2020, o Via é um marketplace responsável por diversos sites muito conhecidos e acessados no Brasil. Todo mês são registrados mais de 1 milhão de pedidos na plataforma, o que coloca o antigo “Via Varejo” entre os melhores marketplaces para vender produtos em 2022.

Entre os sites mais populares que integram a empresa estão:

  • CasasBahia.com;
  • Extra.com;
  • Loja HP;
  • PontoFrio.com

A amplitude e diversidade de marketplaces abarcados pela empresa permite que praticamente qualquer produto se encaixe em alguma das lojas onlines pertencentes ao grupo.

Americanas Marketplace

Semelhante ao exemplo anterior, a Americanas Marketplace, antiga B2W, é uma empresa que abarca sites campeões de vendas na internet, como Shoptime, Submarino e Americanas. Entre os grandes marketplaces, o site é uma excelente opção para os lojistas que desejam expandir o negócio rapidamente, crescer em número de vendas e conquistar níveis mais altos de movimento na loja.

Além disso, uma das grandes vantagens deste marketplace é o fato de não exigir investimento dos vendedores que querem ingressar na plataforma. A empresa trabalha através do sistema de comissionamento e a diversidade de nichos também oportuniza o anúncio dos mais diferentes produtos.

Procurar um marketplace pode ajudar muito para o crescimento do seu e-commerce, integrando estratégias novas e oferecendo visibilidade para os seus produtos.

Então, SIM, você deve vender em marketplaces, e lembre-se, se precisar de alguma plataforma, a MAGIS5 tem a integração ideal, e aproveite, clicando aqui você garante 3 meses com 10% de desconto. 

Compartilhar esta matéria

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email

PRECISA DE MAIS INFORMAÇÕES?

Estamos aqui para ajudá-lo. Por favor, preencha o formulário abaixo e entraremos em contato com você:

©2020 - E-commerce Rocket